Proteja a visão das alergias da primavera

A primavera é sinónimo de alergias. O pólen libertado por árvores e flores pode originar a conjuntivite alérgica, que afeta uma grande parte da população. A conjuntivite provocada por estas alergias, afeta ambos os olhos e gera sintomas como, comichão, irritação ou ardor, inchaço das pálpebras ou da conjuntiva, surgir rosa ou vermelho no branco dos olhos, crostas nas pálpebras ou pestanas, sobretudo de manhã, e lacrimejo.

Dicas para cuidar dos seus olhos com alergias

As alergias oculares da primavera são provocadas por diversos fatores, por exemplo, o uso de produtos cosméticos ou de maquilhagem, o cloro das piscinas, o contacto com pelos de animais, humidade, os cheiros intensos de perfumes e incensos, a exposição ao pólen, as poeiras e o fumo de cigarros. Estes sintomas podem afetar apenas um olho ou ambos.

Assim, após identificar o agente causador da alergia, deve evitar o contacto, de modo a reduzir a alergia ocular. Como complemento, pode recorrer a alguns cuidados caseiros:

  • Gaze de água fria: ajuda a diminuir o ardor e a comichão nos olhos. Molhe uma gaze em água fria e passe suavemente no olho fechado, da parte interna para a externa. Esta é utilizada apenas uma vez.
  • Soro fisiológico: Coloque soro fisiológico num recipiente e encoste o olho ao mesmo, ficando com o olho mergulhado no líquido. Depois pisque o olho algumas vezes.

Porém, de modo a evitar o agravamento da alergia ocular deve:

  • Evitar esfregar os olhos;
  • Desinfetar adequadamente as lentes de contacto;
  • Utilizar maquilhagem de qualidade e não partilhar maquilhagem nem produtos cosméticos com outras pessoas;
  • Evitar a exposição a fumos, como o do tabaco;
  • Controlar o nível de humidade da casa;
  • Manter o ambiente da sua casa livre de pó;
  • Lavar as mãos com frequência, sobretudo quando troca as lentes de contacto;
  • Evitar a exposição excessiva ao ar condicionado;
  • Fazer pausas frequentes quando trabalha no computador;
  • Utilizar óculos de sol na rua (mesmo em dias de nevoeiro).

Como reduzir a comichão nos olhos na primavera

Primeiramente, pode realizar os cuidados caseiros, referidos a cima, com bastante água ou soro fisiológico para eliminar os agentes que provocam a alergia nos olhos. O seu oftalmologista poder-lhe-á receitar gotas oftálmicas ou anti-histamínicos para aliviar os sintomas.

Quando se trata de conjuntivite alérgica, também pode ser recomendada a utilização de corticoides ou de uma pomada antibiótica para aplicação local, caso existam sintomas de blefarite (inflamação nas pálpebras).

Mas, lembre-se, é fundamental um exame ocular completo, em que se proceda à revisão dos sinais e sintomas, à avaliação da integridade e saúde dos diferentes tecidos oculares, para assim determinar a existência de impactos na condição visual.

Entre em contacto com um profissional de saúde ocular, e avalie se os seus sintomas se devem apenas às alergias ou à presença de outra condição.

Tags: , ,


Quem leu este artigo também leu

4 Dicas para escolher os Óculos de Sol ideais

Saber Mais
Se está a precisar de óculos, o melhor será usar Essilor Monofocais!

Essilor Monofocais
Saber Mais
Óculos para crianças: guia para pais

Óculos para Crianças
Saber Mais